Jornada Religião e Política – 500 anos da Reforma Protestante (1517- 2017)

Data do Evento
Local
Prédio de Filosofia e Ciências Sociais (sala 08). Av. Prof. Luciano Gualberto, 315, Cidade Universitária, São Paulo
O evento será gratuito ou pago?
gratuito
É necessário fazer inscrição?
Com inscrição prévia
Emissão de Certificado
Sim
Descrição

A Reforma Protestante, que possui profundas raízes na Idade Média, com a contestação, desde os chamados protorreformadores, da autoridade papal e das práticas religiosas da Igreja de Roma, teve como marco convencional de seu início as 95 teses de Lutero, afixadas em 1517 em Wittenberg, na Saxônia. Na verdade, como escreve Skinner, as teses de Lutero fortaleceram a formação de um quadro que permitiu, progressivamente, “não só atacar o tráfico que o papado efetuava com as indulgências, mas todo um conjunto de atitudes políticas, assim como religiosas, que tinham ficado associadas aos ensinamentos da Igreja Católica”.

A Jornada Religião e Politica – 500 anos da Reforma tem como objetivo reunir professores e pesquisadores para examinar as repercussões e os efeitos do movimento reformado no plano do pensamento político moderno. Dentre estes efeitos, podemos assinalar o debate em torno das jurisdições respectivas dos poderes religiosos e dos poderes civis, a defesa dos poderes temporais, assim como, de outro lado, o surgimento de teorias sobre a natureza e o alcance do direito de resistência aos poderes instituídos. A jornada acolherá também apresentações de trabalhos sobre a gênese da ideia moderna de tolerância, que sem dúvida é devedora das experiências dos conflitos político-religiosos que se seguiram à difusão e institucionalização da Reforma.