Ocupações: o escritor na USP

Início do evento
Final do evento
Início inscrição
Fim inscrição
E-mail contato
celp@usp.br
Docente responsável
Profa. Doutora Fabiana Carelli
Local
Prédio de Letras (sala 266). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo
O evento será gratuito ou pago?
gratuito
É necessário fazer inscrição?
Com inscrição prévia
Emissão de certificado
Sim
Participação de docente(s) estrangeiro(s)?
Não
Descrição

“Ocupações: o escritor na Usp” é uma série de encontros com autores contemporâneos premiados, que tem o objetivo de despertar o interesse dos alunos de graduação e pós-graduação em Letras pela literatura contemporânea, além de divulgar a produção literária de nomes importantes do cenário literário brasileiro atual.

O evento, que está vinculado ao Programa de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, receberá nesta quinta edição os escritores Julián Fuks e Paula Fábrio.

Mediação de Carla Kinzo.

Com leitura dramática das obras dos escritores por Fabiana Carelli, Fabiana Prando, Penélope Salles e Marcos Gomes.

Julián Fuks (mestre e doutor em teoria literária pela FFLCH USP)
O escritor paulistano-argentino Julián Fuks, nascido em 1981, ganhou o Prêmio Jabuti e o Prêmio Oceanos e, em 2017, o Prêmio José Saramago (Lisboa) de Melhor Romance com "A Resistência" (Companhia das Letras), livro que narra uma expedição pessoal ao passado - político e emocional - de uma família latino-americana às voltas com uma feroz ditadura e com a agridoce experiência do exílio. É também autor de "Procura do romance", entre outros. Seus textos foram publicados em jornais e revistas no Brasil e no exterior. Foi eleito pela revista britânica Granta como um dos vinte melhores jovens escritores brasileiros.

Paula Fábrio (mestre e doutoranda em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa pela FFLCH USP).
Paula Fábrio nasceu em São Paulo, em 1970. Seu romance de estreia, "Desnorteio" (Ed. Patuá), venceu a edição de 2013 do Prêmio São Paulo de Literatura na categoria de autor estreante. O romance conta a história de uma família que gira em torno de si mesma, traz a trajetória de três irmãos que se tornam mendigos. Seu segundo romance, "Um dia toparei comigo" (Foz), foi finalista do Prêmio São Paulo 2016 na categoria melhor romance do ano e recebeu a bolsa de criação ProAC - Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo.

Carla Kinzo (Mestre e Doutoranda em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa pela FFLCH USP).
Formada em Cinema e Vídeo pela ECA/USP e em Letras pela FFLCH USP, tem publicados os livros "Eslovênia"(7Letras), "Cinematógrafo" (7Letras), "Matéria" (7Letras) e o infantil "Grão" (Pólen Livros). É também poeta, atriz e dramaturga. Seu último texto, "A mulher que digita", foi premiado na III Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos do CCSP.

**Haverá certificados válidos também para as AACC.

Imagem