Margaret Thatcher sobe ao poder

Quais legados a primeira mulher a ocupar o cargo de primeira-ministra no Reino Unido deixou para a economia britânica?
Por
Lara Tannus
Data de Publicação
Editoria
Hoje na História

 

Margaret Thatcher sobe ao poder (Arte: Davi Morais)
A primeira-ministra renunciou o cargo em 1990, devido à impopularidade de seu governo. (Arte: Davi Morais)


Conhecida por ser “A Dama de Ferro”, em 4 de maio de 1979, Margaret Tatcher assume o poder na Inglaterra como primeira-ministra, dando início ao seu governo conservador.

Seu mandato significou grandes mudanças na estrutura política e social da Inglaterra principalmente por seu ideal neoliberalista. O professor John Milton, do Departamento de Letras Modernas da FFLCH da USP, explica que houve muitas privatizações e restrições aos sindicatos. 

Em conversa, o professor explica o thatcherismo e o que significou para a economia britânica e mundial:

Serviço de Comunicação Social: O que significou o seu governo conservador para o mundo? Havia essa tendência mundial, uma vez que os EUA era governado pelo conservador partido republicano?

John Milton: Uma mudança total na economia britânica: privatização e fim dos subsídios às indústrias velhas como siderurgia, estaleiros e especialmente mineração de carvão, resultando em conflitos com sindicatos, especialmente a greve dos mineiros de 1984 a 1985. 

Controle da quantidade de dinheiro em circulação, que inicialmente controlou a inflação. Também liberação de controles de câmbio e compra de divisas estrangeiras. 

Mais restrições aos sindicatos, muito poderosos nos anos de 1960 e de 1970. O resultado inicial foi recessão econômica de 1979 a 1981.

Porém, com a sobrevivência das empresas mais eficientes, uma economia mais enxuta, e maior liberdade comercial, a economia cresceu muito a partir de 1982.

Esses valores ficaram, até no governo do Partido Trabalhista de Tony Blair (1997-2007) e Gordon Brown (2007-2010). E também na grande maioria dos países do mundo.

Serviço de Comunicação Social: Estamos hoje revivendo esse ciclo?

John Milton: Sim, por exemplo na França, onde Macron enfrenta atualmente alguns dos mesmos problemas para liberar contratos sobre o número de horas trabalhadas e controlar o poder dos sindicatos.

Claro, o ponto negativo do Thatcherismo foi crescimento de pobreza e maior divisão social.