A Direção da Faculdade comunicou em 23 de fevereiro de 2015 o resultado da eleição para representante dos servidores não docentes junto à Congregação.
 
Eleitos:
Titulares: Giovana Mara Mendonça Usai, João Carlos Borghi Nascimento Bruder e Patrícia Sayuri Tanabe Galvão
Suplentes: Patrícia Alves Barbosa
Mandato: de 26 de fevereiro de 2015 a 25 de fevereiro de 2016.
 
 
 
A Direção da FFLCH recebeu as seguintes informações da Superintendência de Saúde –RUSP:
 
1. Ontem, dia 23, uma equipe de engenharia da Superintendência de Saúde – RUSP esteve na Biblioteca Florestan Fernandes para nova análise ambiental.
 
2. O SESMT realizou exames médicos nos funcionários da Biblioteca enviados em Out/2014 pela sua Diretora, finalizados em dez/14, onde nada foi constatado com relação a intoxicação. Foi recomendado o uso de EPI para manuseio do acervo, caso fosse necessário (dados constantes nos Atestados de Saúde Ocupacionais emitidos pelo SESMT para esses funcionários).
 
3. Na listagem enviada ao SESMT pela FFLCH através do Oficio FFLCH GD 001/2015, existem 4 nomes adicionais de funcionários comparando-se aos enviados em Out/2014 pela Diretora da Biblioteca. Como não houve nenhum tipo de gravidade observada nos exames nem qualquer tipo de risco grave e iminente, chamaremos os 4 funcionários adicionais a partir de quarta-feira, dia 25/2.
 
4. Enviaremos à FFLCH até quarta feira, a partir de todos os dados que dispusemos, tanto médicos (dentro das possibilidades do sigilo médico) como de verificação ambiental, um relatório que poderá subsidiar a FFLCH sobre decisões a serem tomadas sobre o tema.
 
A DIREÇÃO
 
Diante da possibilidade de paralisação dos trabalhadores da Biblioteca Florestan Fernandes, a partir de 23/02/2015, conforme anunciado em Boletim do SINTUSP no. 11, de 19/02/2015, esta Direção vem esclarecer o que segue:
 
1.      O motivo da paralisação é a existência de volumes contaminados na Coleção Especial Cruz Costa e consequentemente a exigência de sua imediata retirada da Biblioteca.
2.      Desde que tomou conhecimento desse fato, em princípios de abril de 2014, a Direção de imediato determinou a interrupção do processo de tombamento, o isolamento da área e a proibição do acesso de quem quer que fosse a esse material.
3.      Em seguida, foram encomendados pareceres técnicos e realizadas consultas junto a especialistas de modo a obter um quadro mais objetivo da situação desse acervo e dos riscos à saúde de funcionários e usuários. Esses laudos têm oferecido orientações técnicas que vêm sendo observadas nas tomadas de decisões até aqui. Essas decisões foram deliberadas em Congregação e divulgadas amplamente na comunidade acadêmica da FFLCH. Cumpre destacar que nenhum desses pareceres técnicos propôs a retirada imediata dos livros da coleção.
4.      A coleção especial Cruz Costa foi doada em 2009. Quando chegou ao acervo já havia sido objeto de higienização. No entanto, por recomendação de especialista, foi feita nova higienização em 2013. Entre 2009 e 2013, não houve queixas de funcionários quanto à existência de doenças associadas à presença da coleção no espaço da Biblioteca.
5.      Presentemente, estão em curso: solicitação junto ao Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMET), órgão da USP, para que funcionários sejam submetidos a exames médicos; criação de uma comissão tripartíte na Congregação para acompanhamento das medidas que vêm sendo tomadas; contratação de serviços especializados para medição da qualidade do ar e análise dos agentes químicos encontrados; terceira e mais completa higienização com a retirada em breve da coleção especial  Cruz Costa, apenas dependendo de liberação próxima de recursos.
6.      Equipamentos especializados de proteção para funcionários sempre estiveram à disposição, como máscaras, luvas e aventais, de conformidade com as normas técnicas.
Esta Direção perseguirá os seus propósitos de assegurar adequadas condições de trabalho à Biblioteca e garantir a normalidade das atividades acadêmicas da Faculdade.
Um dossiê completo, detalhado e documentado encontra-se anexo a este Comunicado clique aqui. Recomenda-se a sua leitura.
 
São Paulo, 20 de fevereiro de 2015
 
Prof. Dr. Sérgio França Adorno de Abreu
Diretor
 
 

A CAECO – Comissão Assessora Especial do CO - encarregada de organizar os debates a respeito da reforma do Estatuto da USP, está dando prosseguimento aos trabalhos.  Trata-se, neste momento, de promover discussão (não deliberativa) a respeito de três temas: 1) Ética na Universidade; 2) Eleição de Dirigentes; 3) Natureza, atribuições e composição dos colegiados e proposta sobre calendário de continuidade. Confira mais informações no anexo.