Palestra: Ativistas, Escritores e Artistas em Iídiche - o Projeto de História Oral Wexler do Yiddish Book Center

Início do evento
Final do evento
E-mail contato
danistrum@gmail.com
Docente responsável
Daniel Strum
Local
Prédio de Geografia e História (Auditório Nicolau Sevcenko). Av. Prof. Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária, São Paulo
O evento será gratuito ou pago?
gratuito
É necessário fazer inscrição?
Sem inscrição prévia
Emissão de certificado
Não
Participação de docente(s) estrangeiro(s)?
Sim
Descrição

A palestra será em espanhol e contará com projeção de vídeos.

Com:

Christa P. Whitney - Diretora do Projeto de História Oral Wexler do Yiddish Book Center

Karen Worcman - Debatedora - Diretora do Instituto Museu da Pessoa

Daniel Strum - Moderador - Professor do Departamento de História da FFLCH USP

 

Christa P. Whitney é diretora do Projeto de História Oral Wexler do Yiddish Book Center. Descobriu o iídiche estudando literatura comparada no Smith College e desde 2010, correu os EUA e o mundo em busca de histórias em iídiche, adquirindo capacitação em produção de vídeo e preservação arquivística ao longo do caminho.

O Projeto de História Oral Wexler coletou mais de 800 entrevistas com pessoas de todas idades e origens, realizadas em profundidade. Os depoimentos integrais e trechos selecionados estão disponíveis online para quem quiser aprofundar seu conhecimento sobre o lugar do iídiche no passado, presente e futuro judaicos. Como foi ter o Prêmio Nobel em literatura iídiche Isaac Bashevis Singer como seu pai? Quem está estudando iídiche na Polônia no século XXI e por quê? Essas são só algumas das questões que os entrevistadores começaram a responder. Como um todo, a coleção ilustra as várias maneiras como o legado linguístico e cultural do iídiche pode ser transmitido, adaptado e reinterpretado por cada geração. https://www.yiddishbookcenter.org/collections/oral-histories

 

O Yiddish Book Center, em Amherst, Massachusetts, salvou do descarte mais de um milhão de volumes de livros irrecuperáveis em iídiche – o legado, primário e tangível, de mais de mil anos de vida judaica na Europa Oriental – e os está digitalizando. A equipe ainda enfrenta um desafio maior: compartilhar com as novas gerações o idioma, o conteúdo, o contexto e as linhagens literárias e culturais dos livros salvos. https://www.yiddishbookcenter.org

 

Karen Worcman é historiadora, formada pela UFF, com pós-graduação em Linguística na UFRJ. Foi pesquisadora do CNPQ, da FUNARTE e coordenadora de História Oral do projeto Heranças e Lembranças: Imigrantes Judeus no Rio de Janeiro. Fundadora e diretora do Instituto Museu da Pessoa desde 1991. Atualmente é do conselho do Center for Digital Storytelling, membro do Comitê Científico Internacional da revista THEMA, do Museu da Civilização do Quebec, Canada e integrante como pesquisadora de doutorado do grupo de pesquisa Diversitas/FFLCH/USP. Doutoranda do Programa Humanidades, Direitos e Outras Legitimidades da FFLCH USP. http://museudapessoa.net