Diana Luz Pessoa de Barros receberá título de professora emérita no dia 17

Ela será a 56ª professora com esta distinção nos 83 anos de história da Faculdade

09/08/2017
Por Eliete Viana

 

No dia 17 de agosto, quinta-feira, às 14h, a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP realizará a cerimônia de outorga do título de professora emérita para Diana Luz Pessoa de Barros.
 
Ela será a 56ª docente a receber este título nos 83 anos de história da Faculdade.
 
Diana Luz Pessoa de Barros aposentou-se em 2003 pelo Departamento de Linguística da FFLCH. Tem graduação em Letras pela Faculdade de Ciências e Letras de São José do Rio Preto, mestrado em Linguística pela Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3, França; e doutorado em Linguística pela USP.
 
Em outubro de 1973, iniciou sua carreira na USP. A professora foi chefe do Departamento de Linguística por três vezes, de dezembro de 1992-1994, 1997-1999 e 2001-2002.
 
Foi presidente da Associação Brasileira de Linguística (Abralin), de 1991-1993. Atuou como secretária-geral da Associação de Linguística e Filologia da América Latina (ALFAL), de 2008-2014, e representante da área de Linguística no Comitê de Letras e Linguística do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), nos anos de 1997-1998 e 2006-2009.
 
Durante a docência, orientou 23 mestrados, 29 doutorados, além de ter supervisionado 5 programas de pós-doutorado. Ela publicou livros, capítulos de livros e artigos em periódicos especializados, em anais de congressos, no Brasil e no exterior, principalmente nas áreas de teoria e análise do discurso e do texto, análise da conversação, estudos da língua falada, semiótica narrativa e discursiva e história das ideias linguísticas.
 
Atualmente, a professora participa do projeto de Estudos da Norma Linguística Urbana Culta de São Paulo (NURC-SP) e do Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerâncias e Conflitos (Diversitas), no qual coordena pesquisa sobre a intolerância e o preconceito linguístico. E é docente do Centro de Comunicações e Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Professores de destaque

O título de professor emérito é uma distinção concedida, segundo o artigo 93 do Estatuto da USP, a professores aposentados que se destacaram por atividades didáticas e de pesquisa ou contribuíram, de modo notável, para o progresso da Universidade.

A concessão pode ser feita pela Universidade e por suas Unidades e depende de aprovação de dois terços, respectivamente, dos componentes do Conselho Universitário ou das Congregações.

No caso das Unidades de Ensino e Pesquisa, a indicação dos nomes é feita pelo Departamento ao qual o docente é vinculado.
 
Na FFLCH, essa concessão foi aprovada em reunião da Congregação, realizada em 1º de junho. Na ocasião, além de Diana, foi aprovada a concessão de título de professor emérito a Eva Blay; José Jobson de Andrade Arruda; José Reginaldo Prandi; Marilena de Souza Chaui; e Raquel Glezer.

A cerimônia de outorga do título de professora emérita à Diana Luz Pessoa de Barros será realizada no dia 17 de agosto, quinta-feira, às 14h, no Salão Nobre do Prédio da Administração da Faculdade, localizado na Rua do Lago, 717 – Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações pelo e-mail: comunicacaofflch@usp.br ou pelo telefone: (11) 3091-4938.